Montanhas do Paraná e do Brasil

Montanhas do Paraná e do Brasil

quinta-feira, 11 de março de 2010

Montanhas mais altas do Brasil

O nosso Brasil é repleto de beleza talvez não tenha altas montanhas cobertos de neve, mas não deixam de serem montanhas, muitas até intocáveis como o Pico da Neblina. Aqui no Paraná, por exemplo, temos o Pico da Paraná que não chega a 2.000 de altura. Mas é uma montanha fascinante e de muita aventura, sem contar com o Agudos da Cotia, considerada ai por muitos montanhistas paranaenses como a mais remota da serra do mar brasileiro e com acesso dificílimo. As nossas montanhas merecem respeito, foram formadas a milhares de anos. Que hoje nos proporciona uma beleza sem palavras.

Pico da Neblina - AM
Localizado no norte do Amazonas, na Serra do Imeri, é o ponto mais alto do Brasil com 2993,78 metros de altitude (medição revista por satélite/GPS pelo IBGE em 2004). Localiza-se no município de Santa Isabel do Rio Negro. O ponto mais alto propriamente dito situa-se a meros 687 metros da fronteira com a Venezuela no Pico 31 de Março, conforme determinado por uma comissão demarcadora de fronteiras em 1962.
Em 1965 o topógrafo José Ambrósio de Miranda Pombo mediu a altitude do pico da Neblina como sendo de 3.014 metros e a do vizinho pico 31 de Março em 2.992 metros. Em 2005 o cartógrafo Marco Aurélio de Almeida Lima, tirou as novas medidas após 36 horas de medição usando um aparelho de GPS. A nova medição determinou que o pico era aproximadamente 20 metros mais baixo do que se pensava.
O Pico da Neblina teria sido descoberto na década de 1950 pelo então comandante Mário Jucá, da Panair do Brasil, ao sobrevoar o pico num raro momento em que ele não estava encoberto pela neblina, numa época que se acreditava ser o Pico da Bandeira o ponto mais alto do Brasil. Na época não existiam instrumentos de precisão como o GPS, porém o comandante teria chegado a essa conclusão baseado apenas no altímetro de sua aeronave. Porém, se para os brasileiros o pico era desconhecido, para os venezuelanos ele já era conhecido anteriormente como Cerro Jimé, e a área da montanha já tinha sido visitada em 1954.


Pico 31 de Março - AM
O segundo ponto mais alto do Brasil, com 2.972,66 metros de altitude. Localiza-se na Serra do Imeri, na fronteira com a Venezuela. No lado brasileiro, pertence ao município de Santa Isabel do Rio Negro, Amazonas, a cerca de 140 km em linha reta, o Pico 31 de Março faz parte e do qual pode ser considerado um cume secundário. Os dois picos são ligados por uma curta crista de serra. Ao contrário da forma piramidal e pontiaguda de seu vizinho mais alto, tem uma forma mais suave e arredondada, e pode ser difícil de distinguir do Pico da Neblina em fotografias, dependendo do ângulo e da distância. Os Picos 31 de Março e da Neblina estão localizados no Parque Nacional do Pico da Neblina e também nas terras demarcadas dos ianomâmis. Portanto, o acesso à área é restrito e depende de autorização do IBAMA.


Pico da Bandeira - Parque Nac. Caparaó, entre MG e ES
É o ponto mais alto dos estados do Espírito Santo e de Minas Gerais e de toda a Região Sudeste do Brasil. É também o terceiro ponto mais alto do país, com 2.891,98 metros de altitude.
O Pico está localizado no Parque Nacional do Caparaó, na Serra do Caparaó, na divisa entre os municípios de Ibitirama, Espírito Santo, e Alto Caparaó, Minas Gerais. A carta topográfica do IBGE para a região, publicada em 1977, mostra o cume propriamente dito inteiramente dentro do Espírito Santo, a poucos metros da divisa mineira, e alguns serviços de imagens de satélite, como o Google Maps, também o fazem. O Pico da Bandeira possui esse nome porque, por volta de 1859, D. Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do Império no que, na época, era tido como o ponto mais alto e imponente do Brasil.


Pedra da Mina - Serra Fina, entre MG e SP
É a quarta montanha mais alta do Brasil, e está situada na Serra da Mantiqueira com 2.798,39 m de altitude, o que lhe confere o título de ponto culminante da Serra da Mantiqueira e do estado de São Paulo. A Pedra da Mina foi alcançada pela primeira vez por um grupo de oito pessoas, em julho de 1955, a partir do bairro rural do Paiolzinho, situado em Passa Quatro (MG), e até meados da década de 1990 a região permaneceu praticamente intocada pela ciência, devido à grande dificuldade encontrada pelos pesquisadores em atingir suas regiões mais elevadas.
Na primeira expedição, em 1955, a altitude registrada por barômetro foi de 2.718 metros. Na Serra Fina nasce o Rio Claro, considerada a nascente mais alta do estado de São Paulo e do Brasil, esta localizada no município de Queluz, com 2.500 metros altitude.


Pico das Agulhas Negras - RJ
O Pico das Agulhas Negras, com 2.792,66 metros de altura, é o ponto culminante do estado do Rio de Janeiro e a oitava montanha mais alta do Brasil.
O Pico das Agulhas Negras era considerado a quarta montanha em altitude no Brasil, até o início do ano de 2000. Depois, através de medições feitas em 2004 pelo IME, confirmou-se, através de estudos topográficos as altitudes oficiais das montanhas.
O pico é localizado no Parque Nacional do Itatiaia, o mais antigo do Brasil, fundado em 1937 pelo presidente Getúlio Vargas. O parque possui montanhas acima de dois mil metros de altura e mantém uma fauna e flora bastante diversificada devido a altitude e ao clima que variam.
No Pico, as temperaturas chegam a -10°C.


Pico do Cristal - MG
O Pico do Cristal é o sexto mais alto pico brasileiro, com 2.769,76 metros de altitude, segundo a medição revista pelo IBGE e pelo Instituto Militar de Engenharia, através do Projeto Pontos Culminantes do Brasil.
Localiza-se na Serra do Caparaó, dentro do Parque Nacional do Caparaó, no município de Alto Caparaó, Estado de Minas Gerais. O Pico do Cristal é a montanha mais alta localizada inteiramente dentro do território de Minas Gerais, já que os demais picos mais altos do Estado estão na fronteira com o Espírito Santo (Picos da Bandeira e do Calçado), São Paulo (Pedra da Mina) ou Rio de Janeiro (Pico das Agulhas Negras).O Pico do Cristal possui essa denominação devido às suas formações rochosas de quartzo.


Monte Roraima - RO
O Monte Roraima faz parte de um terreno montanhoso com centenas de outras montanhas e montes chamados de Tepuis localizado ao Sul da Venezuela (área escalável), extremo Norte do Brasil e Oeste da Guiana constituindo a tripla fronteira. Fica na Serra de Pacaraima a décima maior formação rochosa brasileira, com 2.739,30 metros de altitude. O Roraima destaca-se por possuir características únicas. Estima-se que tenha se erguido há mais de 2 bilhões de anos, período em que nem sequer os continentes tinham se separado e adquirido a forma que possuem atualmente. Umas das peculiaridades que mais o diferenciam de quaisquer outros montes é o fato de se parecer com uma imensa "mesa", ou seja, seu topo é plano (e possui cerca de 90 km de extensão). Além disso, escorrem do monte milhões de litros de águas formando várias cachoeiras; na Venezuela os índios a chamam de "mãe das águas". Sua fauna e flora é muito rica, contendo várias espécies endêmicas. Seu cume pode ser alcançado por expedições a pé, feita por pessoas vindas de todo o mundo, iniciadas geralmente pelo lado venezuelano, a partir da cidade de Santa Elena de Uairén. A caminhada deve ser feita com auxilio de guias experientes que podem ser contratados no início da trilha, e pode levar até 2 dias somente para alcançar o cume. Geralmente toda a expedição, com visitação a vários pontos do cume leva 7 dias, incluindo a subida e descida.


Morro do Couto - RJ
O Morro do couto é uma região privilegiada para a prática de caminhadas, rapel ou escaladas. Seu nome vem desde o tempo dos escravos, quando usavam o lacal para "acoitar-se", ou seja, esconder-se. Apresenta uma privilegiada vista desde seu topo a 2.680m de altitude, dentre elas Prateleiras, Pedra da Tartaruga, Agulhas Negras o Vale do Paraíba, um verdadeiro "mar de morros" e em dias claros pode-se observar até a Serra do Mar Ideal para pessoas que querem superar seus limites. Na parte baixa, árvores centenárias e vegetação típica de mata atlântica compõem a reserva repleta de cachoeiras e poços ideais para banho, no entanto é na parte alta que se concentra a aventura, a paisagem muda, e as matas dão lugar aos campos rupestres compostos por rochedos de formas variadas e vegetação rasteira que espreitam as grandes montanhas dessa porção extremamente fria do país, que já esteve coberta de neve mais de uma vez. O Morro do Couto é a primeira montanha que se alcança a partir da portaria do parque, e pode ser vencido em duas horas de caminhada fácil. A montanha é freqüentada por muitos escaladores em busca das diversas vias com variados graus de dificuldade. Outra rota para se atingir o cume, é saindo do Pico das Prateleiras e seguindo pela crista da montanha até o alto. Do topo tem-se uma vista incrível do Pico das Agulhas Negras e da Serra Fina. Apesar de ser um dos parques mais visitados do país, ainda existem várias trilhas inexploradas e vias a serem conquistadas.


Pedra do Sino de Itatiaia - RJ
A Pedra do Sino, com 2.275 metros de altitude, é o ponto culminante do Parque Nacional da Serra dos Órgãos e da cidade de Teresópolis. É um local muito procurado por montanhistas e alpinistas para a prática de diversos esportes e atividades turísticas. Seus vales e penhascos imensos são impressionantes, e suas várias plataformas de observação oferecem uma visão panorâmica de toda região. Atualmente, suas trilhas vem sendo usadas por muitos visitantes que buscam um lugar tranquilo para entrar em contato com a natureza, aproveitar um visual ímpar e respirar o ar puro da montanha. Além disso, o lugar oferece alguns trechos para a prática de rapel e escaladas. A época mais recomendada para visita é o inverno, devido ao baixo índice de chuvas, que são um dos maiores perigos no alto da montanha. A cachoeira Véu da Noiva, em épocas cheias, possui uma queda d'água alta, com mais de 10 metros. A subida de 12km possui 4 "Abrigos" que são como check-points da subida. O primeiro e o segundo abrigo são pequenas cavernas e o terceiro é uma clareira aonde cabem algumas barracas. O quarto abrigo, que há alguns anos foi reconstruido, é uma pequena casa e uma clareira a cerca de 2000 metros de altitude e a dez minutos do topo. Depois da reforma ele oferece ao visitante maior conforto na pernoite, como beliches, banho quente e cozinha com fogão. No entanto, estes luxos são dispensados por aqueles que buscam mais aventura na expedição ou que querem economizar. Baseado nas novas medições efetuadas pelos pontos culminantes (montanhas brasileiras), a altitude da Pedra do Sino é 2275 metros, e não 2263 metros, como constava pela medição antiga. Uma curiosidade: é conhecido como Parque Nacional Serra dos 'Órgãos' porque quando navios chegavam na baia de Guanabara enxergavam um instrumento musical, e não partes do corpo humano como todos pensam.


Pico dos Três Estados - entre MG, SP e RJ
O Pico dos Três Estados é uma montanha que se situa na divisa geográfica dos Estados brasileiros de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Suas coordenadas são: 22º 25' 24"S e 44º 48' 48" W, possuindo a altitude de 2.665 m e se encontra localizado na Serra da Mantiqueira próximo à Pedra da Mina e ao Pico das Agulhas Negras.

2 comentários:

Isadora de Souza disse...

Poxa gostei muito de toda a explicação de vocês
PARABÉNS...

Ester disse...

Adorei as imagens que colocaram, o metro das montanhas!!!!! amei.s2